Silvio Teitelbaum – 14.05.2021

Borracharia ou açougue?

Por Silvio Teitelbaum, CEO DA FMP (Fundação Escola Superior do MP-RS), Professor Associado da FDC e Conselheiro de Empresas
​O ano era 1992. Eu era coordenador do curso de administração de uma instituição de ensino em Porto Alegre e estava sendo cobrado pelos alunos, com razão, para que a faculdade organizasse um evento com palestrantes externos.

​Um dos convidados, o primeiro, foi meu querido, inspirador e saudoso amigo Heitor Kramer. Naquela época a RBS estava com uma belíssima política de apoio a eventos em universidades (fizemos muitos a partir deste). E o Heitor entrou não apenas como palestrante, como ajudou a viabilizar o projeto.

​A palestra de abertura foi a dele. Após encantar os mais de mil alunos que o assistiam ele foi para os finalmentes. Começou a relatar um “causo”. Contou ele que fora a um supermercado no final de semana passado e dirigiu-se ao açougue para comprar carne.

​Pediu ele… “uma dúzia de salsichão, 1 kg de picanha e 2 kg de costela”. O atendente olhou para ele e respondeu… ”o caminhão ainda não chegou”. Fingindo-se de desentendido repetiu… “uma dúzia de salsichão, 1 kg de picanha e 2 kg de costela”, O rapaz já se irritando respondeu… “o caminhão ainda não chegou”. 

​O Heitor então se afastou do balcão e leu a placa que iluminava o corner… “açougue”. “Vocês vendem pneus ou carne?”, perguntou. Indignado o atendente recorreu a chefia que estava inspecionando a câmara fria. E a cena se repetiu. E veio o gerente e a cena, também se repetiu.

​A representação do amigo Heitor era especial. Ímpar! A plateia já estava delirando quando ele emendou. Nós podemos achar engraçado, mas atitudes assim é que acabam com a reputação de uma marca. Assim é que se joga “o valor” fora. E depois não adianta anunciar na Zero Hora e culpar o jornal! Fez-se o silêncio.

​Silêncio que me acompanha cada vez que escuto que “o caminhão não chegou”. A propósito, você trata seu cliente como se estivesse no “açougue ou na borracharia”?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *