NOTAS DA SEMANA – 28.05.2021

ENTREVISTA VERA BAVARESCO

  1. Quem é Vera Bavaresco?

Nasci em Pelotas, e, como meu pai era militar, morei em diversos locais: Rio Grande, Rio de Janeiro, Quaraí, POA e por esta cidade nos apaixonamos e por aqui ficamos.

Tenho meus pais ainda aqui comigo, duas irmãs e 4 sobrinhas. Sou casada com um jornalista gremista, porque ninguém é perfeito, o Antônio Bavaresco e temos duas filhas (família feminina esta né?), a Mariana, 24 anos, vulgo Ella, cantora, jornalista e social media e a Gabriela, 17 anos, no terceirão e quer cursar Relações Internacionais. Já sei que logo estaremos somente eu e ele aqui no Brasil.

Sou um ser espiritual encarnado em um corpo físico e acredito que mente, corpo e espírito em conexão trazem equilíbrio, nos transformam em seres melhores e nos fazem entender que essa caminhada, apesar de ser individual, não é nada sem os outros. Cada um tem a sua missão, mas para que possamos cumpri-la é necessário trabalharmos o autoconhecimento e, como consequência, realizarmos a reforma interior.

Acreditar nisso me faz um ser humano melhor, mais feliz e reforça em mim a fidelidade, a ética e a alegria de poder estar aqui vivenciando os valores que me foram passados pela família.

Até hoje não sei como meu pai sendo a única fonte de renda da família, mudando-se a cada 4 anos, e minha mãe assumindo a casa e tendo de largar os estudos e trabalho para nos dar assistência, conseguiram fazer de cada uma de nós mulheres independentes. Mais do que isso, e me orgulho muito deste fato, meu pai queria que nos concentrássemos no estudo para que não dependêssemos de homem nenhum, pode ser mais feminista? Sou uma pessoa que luta pela igualdade e o respeito aos gêneros e as escolhas de cada um e por ter tido em casa a dolorida experiência de minha filha ser agredida pelo namorado estou junto com ela na causa da violência contra a mulher.

Por fim como diz meu nome sou Vera = verdade, e é só me olhar que logo vais perceber que não sei vender ou comprar aquilo em que não acredito.

2. Sempre fostes uma profissional de negócios?

Cursei Jornalismo por 2 anos na PUC, decidi que PP seria melhor e troquei de curso. Não posso deixar de agradecer a Gaga, na época Coordenadora de PP na Puc, por ter me aceito e permitido minha migração do jornalismo para esta profissão que tanto me faz feliz.

Comecei minha vida profissional como estagiária na Símbolo Propaganda, com a Márcia Danielson e após um ano fui para a Stadard Ogilvy, onde tive a grande oportunidade de atender a conta das Lojas Renner e foi uma virada de chave como aprendizado.

Minha vida em veículo veio através do Madruga Duarte, que me convidou a trabalhar com o Ratinecas, como Coordenadora de Pesquisa e Análise de produto no marketing da Zero Hora.

Acho que, depois desta caminhada, ir para o comercial foi quase que natural, e foi aí que começou minha relação com esta área, na rádio Itapema.

Por conta disso, resolvi aprimorar meus conhecimentos em marketing e administração, cursando Pós Graduação em Administração da PUC.

Passei por vários meios e veículos, Rádio Farroupilha, Atlântida e Cidade onde comecei a exercer cargo de liderança, TV Pampa, Editora Globo como representante, Rádio 102, SBT.

Entre um veículo e outro, dividia minhas horas e minhas atividades dando aula de mídia, graças a Sílvia Koch, na PUC.

Mas como sou inquieta e vendo o aprimoramento dos meios e o crescimento do digital, aos 50 anos, achando que precisava mais porque enxergava muitas perspectivas adiante, resolvi enlouquecer e cursar o Mestrado Internacional em Gestão e Negócios pela Unisinos , com  a espetacular oportunidade de morar por um mês  na França estudando na Universidade de Poitier.

Tenho muito orgulho, pois meu artigo: Consumption, Crisis, and Coping Strategies of Lower Class Families in Brazil: a Sociological Account – Dez 2016 ( A CRISE, E AGORA ? O COMPORTAMENTO DE CONSUMO DAS CLASSES POPULARES FRENTE A UM CENÁRIO ECONÔMICO DE CRISE), foi publicado no International Journal of Consumer Studies

Mas destacaria na minha trajetória a participação do primeiro Planeta, pois era a gerente da rádio, e mesmo grávida da minha primeira filha, ia até a praia para ajustar ações de ativação dos patrocinadores, dirigindo e já com o celular na mão. Foi muito especial estruturar junto com o Renato e o Eugênio todas as questões comerciais, área vip e rotinas deste que hoje é o mais importante evento do Verão.

Outro destaque da minha carreira foi o primeiro faturamento de 1 milhão na Farroupilha, onde o Toigo e a Sandra até me deram um cheque para posteridade.

Porém, sem dúvida alguma, o maior desafio que tive foi em 2007 quando, ainda na Farroupilha, fui chamada pelo Luiz Cruz a regressar ao SBT, por conta da perda de dois grandes amigos, naquele fatídico 17 de julho, onde o vôo 3054 da TAM tirou a vida de uma centena de pessoas, a maioria gaúchos, muitos conhecidos e amigos, como eram o Brito e o Zé Luiz. Desafio, porque encontrei uma terra arrasada e entendi que teria de usar muito mais do que conhecimentos profissionais, mas estava ali para uma tarefa também espiritual de auxiliar, junto com a Cris Santana e do Nene Zimermann, no ambiente que encontrei. Foram meses muito difíceis e indescritíveis. E apesar disso com o passar do tempo, fui muito feliz por lá.

3. A ética e a verdade tem qual grau de importância na relação com o mercado?

Baseio toda minha vida na ética e na verdade. Não posso separar profissional do pessoal, neste e em outros quesitos, referente a valores.

Desde sempre, fui envolvida com o GAV, para que através desta reunião de vários possamos estabelecer as rotas de respeito e de conhecimento, contribuindo, em grupo e ou individualmente, por um mercado que seja regido pela competência, diálogo, troca de experiências e respeito.

Lutamos também para que esta profissão tenha seu valor estabelecido, pois cada vez mais os executivos de veículos terão de ser especialistas em possuir as informações, em conduzir os direcionamento das melhores estratégias, projetos e planejamento junto às agências e seus clientes, alinhando estas informações ao que tem de melhor em seus meios e veículos.

Não cabe mais a política do ego ou de  se pensar que esta ou aquela área seja mais importante do  que a outra, pois que não existiremos se não entendermos o real sentido da palavra mercado, ou seja local onde há espaço sim para a genialidade, mas que deve também evoluir em seus conceitos, entendendo que é obrigatório que tenhamos profissionais muito capacitados, que devem ser regidos pela ética  e devem ser  profundos conhecedores de seus negócios e de todas as variantes que compõem o negócio de seus clientes. 

4. O que mais te motiva na tua carreira profissional?

O que me motiva é a liberdade para trabalhar, saber que tenho a confiança e respeito dos meus gestores. Que tenha verdade na empresa da qual faço parte e nos produtos que temos à disposição para comercialização. E que a missão e valores da empresa estejam em linha com o que eu acredito. Se assim for, estarei não só motivada, estarei feliz, pois estamos aqui para sermos felizes.

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE

Em recente artigo publicado na Zero Hora, do dia 25 de maio, o Secretário municipal da Fazenda ,Rodrigo Sartori Fantinel, colocou que “seremos o primeiro município do Brasil a implantar a mediação tributária, um espaço formal onde os senhores serão ouvidos e assim buscaremos a convergência de entendimentos, evitando infidáveis  e custosas discussões administrativas e judiciais”.

Isso é o desejado por todos e extremamente necessário, mas no imbróglio entre agências de publicidade e a prefeitura o diálogo e o propósito de resolver o devido pagamento aprovado e empenhado com dezenas de fornecedores e centenas de empregos que estão minguando desde 31 de janeiro não encontram a solução do poder executivo, mesmo contando com todo o clamor dos envolvidos.

As frases tomaram conta da pandemia, como, por exemplo temos: ”O dinheiro não dá vida”. Sendo que dos mesmos sai uma assinatura de comercial declarando: ”O dinheiro melhora o mundo”.

Sendo assim, não precisa se resolver esse problema? Já que uma hora o dinheiro é considerado bom, e em outra é ruim.

A hora não é de falar, e sim, de fazer. Resolvam!

SBT

O “Masbah!” deste sábado, 29 de maio, vai até a Serra Gaúcha e faz um passeio surpreendente em meio à natureza exuberante da cidade de Cotiporã, no Rio Grande do Sul. Nesta aventura, a apresentadora Brunna Colossi conhece um esporte radical de dar frio na barriga e comemora o seu aniversário em um cenário paradisíaco com uma surpresa nas alturas.

O programa também bate um papo com o ex-jogador da dupla Grenal Marcelo Labarthe, que faz atendimentos “delivery” para quem quer jogar futebol sem sair de casa. Neste treino, o “Masbah!” confere os bastidores dos exercícios físicos e é desafiado a bater uma bola.

Além disso, sábado é dia de gastronomia no “Masbah!”. Desta vez, o programa desvenda pratos típicos da cultura japonesa que vão além de sushi e reúnem delícias inusitadas e tradicionais do país asiático, como bolinhos recheados com polvo, camarão ou provolone e um doce de feijão.

Já na cozinha do “Anonymus Gourmet”, é dia de aprender a fazer a “Cuca de Luxo” e ainda se esquentar com um delicioso “Chocolate Quente”.

O “Masbah!” é exibido aos sábados, a partir das 12h, e o “Anonymus Gourmet”, logo após, no SBT do Rio Grande do Sul.

RECOMEÇO

A agência de publicidade do G5, Competence, traz de volta Carla Azevedo como responsável pela Mídia e Operações.

Carla volta depois de 7 anos, onde atuou primeiramente na Gas-br em Florianópolis e depois como profissional de veículo, e nos últimos anos como Diretora de Mídia da Subsecretaria de Comunicação do Estado do Rio de Janeiro.

LOJAS POMPÉIA
Depois de trabalhar com a agência Global por algum tempo e, logo após com Escala por também um bom tempo, duas grandes e ótimas agências do mercado gaúcho, as Lojas Pompéia que não para de crescer no segmento moda com administração segura e moderna da Família Ferrão estarão sendo atendidas pela agência Hoc, que nesse período de pandemia conquistou outras contas de anunciantes de muito valor.

GRUPO RBS

Dar continuidade à evolução do modelo comercial da empresa e, enquanto parceiro de negócios de seus clientes, estar atento às oportunidades da retomada da economia. Foi com essas premissas que, na tarde desta sexta-feira (28), o Grupo RBS realizou a Convenção de Vendas 2.1, um evento que reuniu lideranças, times de Mercado e Marketing e comunicadores da empresa, com o propósito de agradecer pelos resultados obtidos até aqui e focar nos desafios para 2021.   

O evento consolida a nova fase do time de Mercado da RBS, iniciada em março deste ano com a liderança de Patrícia Fraga, diretora-executiva da área, sucedendo Marcelo Pacheco. A convenção valorizou conquistas do time e reforçou o investimento na evolução da mensuração de resultados e na análise de dados, adaptação constante do portfólio às necessidades dos clientes, oferta integrada capaz de amplificar negócios e foco na consolidação do digital. Ancorado nos estúdios da RBS TV, em Porto Alegre, o encontro foi transmitido online para todas as sedes da RBS no Rio Grande do Sul e em outros estados onde a empresa tem atuação comercial, como São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná e Distrito Federal. 

– Felizmente a economia dá sinais de recuperação, e queremos estar preparados para acompanhar nossos clientes nessa direção. Temos convicção de que comunicação é uma ferramenta fundamental para alavancar negócios e, constantemente, atuamos para garantir que nosso portfólio e modelo de atuação atendam às necessidades do mercado e evoluam junto com os hábitos de consumo de mídia – destacou Claudio Toigo, presidente do Grupo RBS.  

Há quatro anos, a RBS vem atuando no mercado como parceira de negócios, ofertando seu portfólio a partir de uma visão integrada e com atendimento consultivo. De lá para cá, o modelo evoluiu. Atualmente, o foco é avançar em performance, dados, mensuração de resultados e digital, mas sem abrir mão da crença de que cada meio, seja ele Televisão, Rádio ou Jornal, tem um papel a desempenhar na estratégia de comunicação do cliente. E de que a força da integração das mídias é a principal alavanca de resultados. 

– Desde que assumi esse desafio, só tenho motivos para me orgulhar deste time e vejo em cada um o desejo genuíno de evoluir, sempre, de se superar e de ser, de verdade, parceiro de negócio dos nossos clientes. Fechamos o primeiro quadrimestre do ano atingindo o orçamento, um resultado espetacular diante do atual contexto e que só comprova essa visão. Mesmo com todas as adversidades, conseguimos estar próximos do mercado, construindo soluções criativas, com foco consultivo, e com a capacidade de enxergarmos os pontos em que ainda precisamos avançar – reforçou Patrícia Fraga.    

Comunicadores da RBS tiveram a responsabilidade de defender o portfólio no evento, apresentando principais fortalezas de cada uma das marcas da RBS. Entre os conteúdos apresentados, Elói Zorzetto, apresentador da RBS TV, relembrou que a emissora é líder absoluta de audiência, tendo 64% de share entre as emissoras de TV aberta, mais do que o dobro da audiência de todas as emissoras abertas somadas. Andressa Xavier, editora-chefe da Gaúcha, destacou que, somente na Grande Porto Alegre, a rádio fala com 1 milhão de pessoas e, há seis anos, é líder de audiência na região.   

Como exemplos de atuação no digital, Luciano Potter destacou o RBS Vozes, hub de influenciadores que conta com 80 nomes internos e externos, e o Brand Studio, estúdio de produção multiplataforma que desenvolve e distribui conteúdos conectando a marca dos clientes à audiência da RBS. No evento, também foi apresentada a estratégia do RBS Performance, que chega para fortalecer a crença da empresa em análise, mensuração e acompanhando de resultados.  

Focado no dinamismo e no alto astral, marcas da cultura da RBS, o encontro teve como tema a alegria do Carnaval. André Warwar, diretor de cinema, podcaster e palestrante, que atua como Gerente de Imagem do HUB Operações na Globo e é responsável pela programação de Carnaval da emissora, falou ao público sobre a felicidade no trabalho. A tarde se encerrou ao som da bateria de Mestre Adamastor, contagiando a todos com a energia e a alegria do samba. 

RÁDIO GRENAL

Há exatos 9 anos, no dia 28 de maio de 2012, era dado um grande passo na história do rádio mundial, quando uma emissora de Porto Alegre iniciava as transmissões ao vivo e ininterruptas de notícias sobre os dois maiores clubes de futebol do Rio Grande do Sul: o Grêmio e o Internacional.

Surgia a Rádio Grenal, 95,9 FM, como a mais nova emissora da Rede Pampa, grupo de comunicação com mais de 50 anos de solidez e tradição.

Para a estreia da Rádio Grenal, um estúdio panorâmico foi instalado no centro de Porto Alegre, transmitindo dali, pelo FM e por sistema de alto-falantes, para que o público pudesse acompanhar de perto os debates esportivos.

O pioneirismo da Rádio Grenal vai além do fato de ser a única emissora que fala de Grêmio e de Inter nas 24 horas do dia, 7 dias por semana. A Grenal inovou como nenhuma outra na intensa interatividade com os ouvintes, que se sentem como parte integrante da equipe, participando da programação em todas as suas atrações, seja por WhatsApp ou pelas redes sociais da emissora e ainda fortemente em suas transmissões via Facebook, YouTube, Instagram e Twitter.

Sua talentosa equipe de comunicadores mescla nomes consagrados da crônica esportiva com jovens talentos, levando ao ar as notícias mais quentes do futebol e os recorrente “furos de reportagem”, que selam o protagonismo da Grenal. As jornadas esportivas da Grenal, com vibração única e contagiante nas partidas que envolvem Grêmio e Internacional, exaltam a fórmula de sucesso que conquistou, além de milhares de ouvintes mundo a fora, mais de 70 emissoras do Brasil e exterior que integram a Rede Grenal de Rádios.

Sempre pensando à frente, o Presidente da Rede Pampa, Alexandre Gadret, festeja a data e fala sobre novidades: “Estamos lançando o novo aplicativo da Rádio Grenal, tornando o acesso ainda mais dinâmico e interessante a todos os fãs de nosso trabalho. Estamos sempre buscando agregar tecnologias, entregando ao ouvinte o que ele mais quer ouvir, da forma que ele quer ouvir”, afirma Gadret.

“Para 2022, já estamos planejamos uma grande festa para comemorar os 10 anos da Rádio Grenal, com muitas ações envolvendo os ouvintes e os clubes gremista e colorado”, antecipa a Diretora de Conteúdo da Rede Pampa, Marjana Vargas.

A Rádio Grenal marca sua jovem trajetória como o maior gol de placa do rádio dos últimos tempos!

BARRASHOPPINGSUL

Depois da campanha de Dia das Mães, o BarraShoppingSul lança mais uma promoção para celebrar o amor no Dia dos Namorados. A partir do dia 27 de maio, a cada R$ 500,00 gastos, o shopping presenteia o consumidor com uma lata de chocolate da marca suíça Lindt, com 150g de trufas Lindor. O presente tem o limite de uma unidade por CPF e será distribuído enquanto durarem os estoques. Além disso, a cada R$ 250 em compras, o cliente ganha um número da sorte para concorrer a um vale-compras de R$ 50 mil.

Líder mundial no setor de chocolates premium, a Lindt inaugurou sua primeira loja em Porto Alegre no Baixo Barra, em 2019. O espaço conta também com diversos restaurantes para comemorar o Dia dos Namorados, como Pobre Juan, Tartuferia San Paolo, Mercearia Bresser, Mamma Mia, Bah, Applebee’s e Daimu. Os gastos nestes locais, com exceção das bebidas, também servirão para participar da campanha.

As trocas dos cupons podem ser feitas pelo app Multi ou no lounge de trocas que fica próximo a Rosa dos Ventos, no Nível Jockey. A promoção é válida até o dia 20 de junho e o sorteio do vale-compras será realizado no dia 26. O regulamento e as lojas não participantes podem ser conferidos no site barrashoppingsul.com.br.

PICCADILLY

Cultivar o amor-próprio e encorajar as mulheres! São essas as propostas da PICCADILLY, uma das maiores calçadista feminina do país, para celebrar o Dia dos Namorados, que se transformou no Dia do Amor. Explorando as diferentes formas de se amar, e incentivando o carinho e cuidado pessoal, a marca deseja incentivar que as mulheres olhem para “dentro de si” e encontrem caminhos que tragam bem-estar, conforto, felicidade e respeito, independente de quem está ao lado. “A PICCADILLY tem o propósito de revelar o melhor de cada mulher e o amor-próprio faz parte deste processo. Neste ano, queremos usar essa data para mostrar que ela pode ser celebrada como um Dia do Amor, lembrando sempre que a melhor companhia que podemos ter, somos nós mesmas. E que, por isso, merecemos o melhor, como nos presentear com algo que estamos ‘namorando’ há tempos”, comenta a gerente de marketing da calçadista, Rafaela Loth.

Já conhecida por se engajar em causas que encorajam as mulheres por meio do conforto e da solidariedade, a PICCADILLY fortalece tal essência ao trazer a campanha do Dia do Amor Próprio, uma estética natural, promovendo o autocuidado, com atividades em que as mulheres podem exercer em casa, como assistir filmes e séries, ler um livro, ouvir uma música, cuidar da pele, entre outras. “A campanha está dentro do nosso propósito de mostrar para as mulheres que elas podem ser o que quiserem, quando quiserem. E que isso tem muito mais a ver com o nosso amor próprio, do que com a pessoa que está ao nosso lado”, comenta Rafaela.

Com a campanha, a PICCADILLY deseja passar uma mensagem de que todas podem se sentir bem e bonitas nessa data. A ação terá destaque nas redes sociais da marca, além dos canais de venda.

SINAPRO SP

Com o objetivo de esclarecer o mercado publicitário regional sobre questões relacionadas às gestões da propaganda na área pública, o Sindicato das Agências de Propaganda do Estado de São Paulo (Sinapro-SP) realiza, no próximo dia 01 de junho, a palestra “Licitação de Serviços Publicitários pela Administração Pública” .

Comandada pelo advogado Paulo Gomes de Oliveira Filho e pela executiva Ester Parreira de Miranda, diretora da House Criativa e do Sinapro-SP, a palestra irá apresentar as regras a serem seguidas por agências e anunciantes do setor público nas licitações de serviços publicitários. Durante a live, Paulo Gomes e Ester vão abordar os conceitos da publicidade governamental, explicar os fatores devido aos quais os entes públicos precisam licitar os serviços de publicidade institucional, além de dar dicas de como participar de uma licitação e executar o contrato de publicidade com os órgãos públicos

“Consideramos importante levar esse tema para a nossa grade de palestras regionais, a fim de orientar agências, anunciantes e órgãos públicos, sobre as regras e limites a serem observados dentro dos parâmetros da lei e também sobre as melhores práticas para as licitações públicas”, destaca Dudu Godoy, presidente do Sinapro-SP.

A palestra Licitação de Serviços Publicitários pela Administração Públicatem como objetivo dar uma visão geral sobre os limites da propaganda institucional, apontando aspectos como as restrições e execuções, entre outros pontos relevantes.

O evento, gratuito, é direcionado para agências e secretários de comunicação das administrações municipais de Bauru e região.


Sobre os palestrantes:

Dr. Paulo Gomes de Oliveira Filho é consultor jurídico do SINAPRO-SP, ABAP, ABRAFOTO, ADG, APP, APROSOM, SIB e ABEOC. É advogado atuante nas áreas de Direito Administrativo, Direito Autoral, Direitos Personalíssimos, Direito da Comunicação e Defesa do Consumidor.

Ester Parreira de Miranda éDiretora de Comunicação e Planejamento na House Criativa Comunicação e Diretora de Planejamento e Desenvolvimento do Sinapro-SP.


Serviço

Tema palestra: “Licitação de Serviços Publicitários pela Administração Pública”

Data: 01 de junho

Horário: 09h00 às 10h30

Palestrantes: Dr. Paulo Gomes de Oliveira Filho e Ester Parreira de Miranda
Plataforma: Zoom / Canal do Youtube do Sinapro-SPhttps://www.youtube.com/watch?v=dAcpIBMI23Y
Inscrições e informações: https://ativesuaprova.com.br/sinapro/ ou sinaprosp@sinaprosp.org.br

CENP-MEIOS

Depois de ter divulgado, pela primeira vez, o ranking das agências de publicidade em termos de compra de mídia, o Cenp-Meio dá continuidade ao trabalho de fornecimento dos dados sobre o mercado publicitário e, nesta quarta-feira, 27, apresenta o primeiro ranking das agências de publicidade de cada Estado brasileiro.

Assim como a lista geral das maiores agências em termos de compra de mídia, a divisão por estados não traz valores de cada uma das empresas. Do total das 216 agências que divulgaram seus resultados e números ao projeto Cenp-Meios de 2020, 43 não autorizaram a divulgação de seus nomes no ranking das maiores agências nacionais e, também agora, na divisão por estado. A lista das maiores agências por cada estado brasileiro, portanto, conta com 173 empresas, no total.

Confira a o ranking das maiores agências do estado do Rio Grande do Sul, segundo o Cenp-Meios:

1- PAIM & ASSOCIADOS
2- AGENCIA MATRIZ 
3- ESCALA 
4- PUBLICA 
5- CENTRO
6- GLOBALCOMM 
7- COMPETENCE 
8- SPR 
9- RBA 
10- PRO TARGET 
11- INSIGHT DESIGN
12- SELLING

IPC MAPS

Após um ano marcado por prejuízos irreparáveis na maior parte dos setores econômicos do Brasil — e mesmo que ainda vivenciando a pandemia —, o consumo das famílias deve recuperar parte do seu fôlego e movimentar cerca de R$ 5,1 trilhões ao longo deste ano — o que representa um aumento de 3,7% em relação a 2020, a uma taxa também positiva de 3,17% do PIB. A estimativa é do estudo IPC Maps 2021, especializado há quase 30 anos no cálculo de índices de potencial de consumo nacional, com base em dados oficiais.

Segundo Marcos Pazzini, sócio da IPC Marketing Editora e responsável pela pesquisa, o crescimento esperado para este ano é satisfatório, já que as perdas registradas em 2020, em função do isolamento social imposto pela pandemia, vão demorar para ser esquecidas. “Aos poucos, os brasileiros tentam voltar à rotina normal, e é isso que estimulará o consumo em 2021”, aposta.

A pesquisa mostra que, em momentos de crise como a do ano passado, mercados já consolidados tendem a reagir com maior facilidade e a se recuperar mais rapidamente do que os menores e/ou fora dos grandes centros. É por esse motivo que, as 27 capitais, após seguidas perdas, passarão a conquistar espaço no consumo nacional, respondendo por 29,3% do total de gastos. Assim, enquanto o interior também avançará, com 54,9%, a participação das regiões metropolitanas deverá cair para 15,8% neste ano.

Seguindo a mesma lógica, outro destaque fica por conta da Região Sul que, depois de 13 anos, retomará a vice-liderança no ranking de consumo entre as regiões brasileiras. Para Pazzini, a “forte produção industrial local, o agronegócio e a melhor distribuição da sua pirâmide social” podem explicar tal alavancada na economia sulista. 

Esta edição do IPC Maps aponta, ainda, a redução na quantidade de domicílios das classes C1 e C2, o que elevará o número de residências nos demais estratos sociais. “A migração de domicílios dessas duas classes impactará positivamente o consumo dos grupos D/E, com uma vantagem de 15,5% sobre os valores de 2020”, explica o especialista. Já, os estratos A, B1, B2 e C2 terão crescimento abaixo da média.

Perfil básico – Mesmo com as centenas de milhares de mortes ocasionadas pela pandemia, ainda assim o Brasil possui mais de 213,3 milhões de cidadãos. Destes, 180,9 milhões moram na área urbana, respondendo pelo consumo per capita de R$ 26.042,02, contra os R$ 11.245,8 gastos individualmente pela população rural. 

Base consumidora – Assim como no ano anterior, a classe B2 lidera o cenário de consumo, representando mais de R$ 1,161 trilhão dos gastos. Junto à B1, pertencem a 21,3% dos domicílios, assumindo 39,6% (R$ 1,866 trilhão) de tudo que será desembolsado pelas famílias brasileiras. Presentes em quase metade das residências (47,9%), C1 e C2 totalizam R$ 1,752 trilhão (37,2% ante 35,6% em 2020) dos recursos gastos. Já o grupo D/E, que ocupa 28,6% das moradias, consome cerca de R$ 505,8 bilhões (10,7%). Mais enxuta, caracterizando apenas 2,2% das famílias, a classe A tem seus gastos em R$ 587,5 bilhões (12,5% em 2021 contra 12,8% do ano passado).

Já na área rural, o montante de potencial de consumo esperado é 14,6% superior (em termos nominais) em relação a 2020, totalizando R$ 364,8 bilhões neste ano.

Cenário Regional – Como já mencionado, o realce vai para a Região Sul que, ao ampliar sua fatia de consumo para 18,2%, volta a ocupar o segundo lugar no ranking das regiões — posição que vinha sendo ocupada desde 2008 pelo Nordeste, cuja participação agora cai para 17,5%. Ainda na lista das regiões com crescimento entre 2020 e 2021, aparecem a Sudeste — que amplia em 1,9% sua representatividade, respondendo por 49,4% dos gastos nacionais —, e a Centro-Oeste, que passa de 8,9% para 9% no consumo em 2021.

Em último lugar, está a Região Norte, reduzindo ainda mais (de 6,2% para 6,1%) sua atuação no cenário consumidor atual.

Mercados potenciais – O desempenho dos 50 maiores municípios brasileiros equivale a R$ 2,011 trilhão, ou 39,6% de tudo o que é consumido no território nacional. No ranking dos municípios, os principais mercados permanecem sendo, em ordem decrescente, São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Belo Horizonte. Em 5º lugar, aparece Salvador, deixando Curitiba logo atrás. Na sequência, vem Fortaleza, Porto Alegre e Goiânia em 9º, ultrapassando Manaus, que cai para a 10ª posição. Da mesma forma, cidades metropolitanas ou interioranas como, Campinas (11º), Guarulhos (13º), Ribeirão Preto (17º), São Bernardo do Campo (18º) e São José dos Campos (20º), no Estado paulista; São Gonçalo (15º) e Duque de Caxias (27º), no Rio de Janeiro; bem como as capitais Belém (14º), Campo Grande (16º) e São Luís (19º) também se sobressaem nessa seleção.

Perfil empresarial – A expectativa da retomada da economia reflete no incremento em 9,4% de empresas instaladas no Brasil, totalizando 22.327.228 unidades. Deste montante, quase a metade (12,1 milhões) tem atividades relacionadas a Serviços; seguida pelos setores Comércio, com 5,9 milhões; Indústrias, 3,6 milhões e, por fim, Agribusiness, com 720 mil estabelecimentos.  

Geografia da Economia – Em relação à distribuição de empresas nacionais, a Região Sudeste segue despontando, concentrando 51,7% das unidades; seguida pelo Sul, com 18%; Nordeste com 17,2% dos estabelecimentos; Centro-Oeste com 8,2%; e o Norte com apenas 4,9% das unidades existentes no País.

Partindo para a análise quantitativa das empresas para cada mil habitantes, a pesquisa IPC Maps aponta novamente para uma retenção geral. As Regiões Sul e Sudeste seguem liderando com folga, respectivamente, 132,31 e 128,76 empresas por mil habitantes; o Centro-Oeste aparece com 109,55 e, ainda muito aquém da média, estão as regiões Nordeste, com 66,52, e Norte, que tem apenas 58,06 empresas/mil habitantes.

Hábitos de consumo – O levantamento detalha, ainda, as preferências dos consumidores na hora de gastar sua renda. Dessa forma, os itens básicos aparecem como prioridade, com grande vantagem sobre os demais, conforme a seguir: 25,76% dos desembolsos destinam-se à habitação (incluindo aluguéis, impostos, luz, água e gás); 17,96% outras despesas (serviços em geral, reformas, seguros etc.); 14,11% vão para alimentação (no domicílio e fora); 13,06% a transportes e veículo próprio; 6,66% são medicamentos e saúde; 3,71% materiais de construção; 3,46% educação; 3,43% vestuário e calçados; 3,29% recreação, cultura e viagens; 3,29% em higiene pessoal; 1,52% móveis e artigos do lar; 1,49% eletroeletrônicos; 1,1% bebidas; 0,53% para artigos de limpeza; 0,45% fumo; e finalmente, 0,17% referem-se a joias, bijuterias e armarinhos.   

Faixas etárias A população de idosos continua crescendo, chegando a cerca de 31,2 milhões em 2021. Na faixa etária economicamente ativa, de 18 a 59 anos, esse índice passa de 128,7 milhões, o que representa 60,3% do total de brasileiros, sendo mulheres em sua maioria. Já, os jovens e adolescentes, entre 10 e 17 anos, vêm perdendo presença e somam 24 milhões, sendo superados por crianças de até 9 anos, que seguem na média de 29,5 milhões.

FOTOCLUBE FESTIVAL

Em sua primeira edição, o FOTOclube FESTIVAL, a ser realizado de 7 a 21 de junho de 2021, de forma online, pelo Youtube (links das programações serão divulgados pelas redes sociais do Foto Clube Porto-alegrense) e abrangência nacional e internacional, chega para celebrar os três anos de existência do Foto Clube Porto-alegrense – associação sem fins lucrativos, que reúne periodicamente amantes da fotografia de diferentes áreas. O encontro tem como propósito incentivar a produção fotográfica, desenvolver atividades culturais e educativas, bem como divulgar as atividades da entidade.

Destinado a fotógrafos, amantes da fotografia e pessoas interessadas em geral, o FOTOclube FESTIVAL reunirá reconhecidos profissionais e pesquisadores com o público, estimulando e disseminando conhecimento teórico e prático sobre o mundo da imagem. Com o tema “A luz que percorre o tempo”, o evento prevê em sua programação uma série de encontros com fotógrafos, intitulados Entre”Vista”, palestra sobre Patrimônio Cultural e Coleções, e ainda oficinas, que abordarão as diversas experiências do fazer fotográfico.

Entre“Vistas” – O jogo entre a palavra “entre” e “vista” destaca a proposta dos encontros com fotógrafos de diferentes experiências de atuação e criação. A ideia é a realização de uma conversa informal, valorizando e questionando os seus pontos de vista sobre os temas abordados. A Mesa de Entre”Vista” será composta por um reconhecido fotógrafo, associado ao Foto Clube Porto-alegrense, que recebe outros profissionais de renomada trajetória.  Os encontros serão realizados e transmitidos pelo Youtube, com duração de até duas horas. A atividade é gratuita e será executada voluntariamente por sócios do Foto Clube Porto-alegrense e convidados. 

 Oficinas – Serão minicursos relacionados ao tema do Festival, com recebimento de certificado, mediante inscrição e pagamento prévio via Sympla. O material produzido pelos participantes, será divulgado no encerramento do Festival através das mídias sociais do Foto Clube Porto-alegrense.  

A equipe organizadora do FOTOclube FESTIVAL, integrada por Alexandre Freitas, Anelise Ferreira, Bia Donelli, Edison Nunes e Gerson Turelly, enfatiza que a luz é a matéria-prima da fotografia, é a alma das coisas, sendo ela que nos permite construir e enxergar a vida e dar cor ao mundo, e por isso a escolha da temática “A luz que percorre o tempo”. Conforme evidencia a comissão, um milésimo de duração, um segundo de inspiração, meio minuto de vida, ou horas de espera para o registro do instante certo, sempre único e por vezes histórico.  “A fotografia tem o poder de mudar o mundo”, observa o grupo. 

Apoiam o evento: Prefeitura de Porto Alegre, através da Secretaria Municipal da Cultura, Fumproart, Armazém da Impressão, Viacolor, Versus Ateliê e Impressão, Zaniratti Audiovisuais, Casa do Filme, Laboratório Impressão Digital Fine Art, PSDPhoto, Backup Equipamentos e Cecadi.

QUASE SEM PAUTA

Lúcia Mattos e Lucia Porto se conhecem desde sempre e desde então pensam em fazer algo juntas. Uma livraria, uma floricultura, um restaurante. Mas levariam pra casa, comeriam ou beberiam o estoque. Brincadeiras à parte, a Pandemia as uniu ainda mais e assim nasceu o Quase Sem Pauta, um podcast quase sem pauta, mas cheio de assunto. A cada quinze dias, em qualquer horário, mas sempre às sextas – ou não – a dupla passa meia hora batendo papo sobre bobagens e sobre coisas sérias, sempre com bom humor e informação. “Não precisamos de desculpa pra um bom papo, sempre que nos encontramos temos assunto, e o tempo voa”, explica Mattos, a Lúcia com acento. Na pauta desde futebol, uma Inter, outra Grêmio, até digressões filosóficas sobre esquecimento e teorias sobre vidas em outros planetas, passando pelo assassinato de Odete Roitman. “É uma conversa de amigas, na mesa de um restaurante, com um bom vinho”, diz a Porto, sem acento. “Mas por enquanto ainda em casa, tudo pelo zoom”. A dupla começou a empreitada artesanalmente e vai, aos poucos, profissionalizando as coisas, mas não tem vergonha de expor as falhas pelo caminho: portas que rangem e gatos que miam são frequentes. Porque a vida é assim, cheia de interrupções, e por isso, divertida. Lúcia Mattos e Lucia Porto entraram na Faculdade de Comunicação juntas no século passado. Na Famecos, na PUCRS, nasceu uma amizade de muitas décadas que elas nem contam, mas a Porto é muito mais velha que a Mattos – mentira. Trabalharam juntas na Band sob o comando do saudoso Bira Valdez, depois cada uma foi pra um lado. A Mattos, fotogênica, seguiu na tela e na rádio; a Porto, que não gosta de aparecer, abriu a @navecomunica e passou a ler e escrever muito. Agora juntaram tudo isso no Quase Sem Pauta. Ouçam e sigam. 

No spotify: https://open.spotify.com/show/4tqpiCzyL7dyLICqrRDP16?si=6Z4CibUPT8GVhaCYPqCPmA 

No instagram: https://instagram.com/quasesempauta?utm_medium=copy_link 

Contato: quasesempauta@gmail.com

CAMPANHA BRASILEIRÍSSIMOS

Hering e Havaianas, duas gigantes brasileiras que são a cara do país, unem-se de forma inédita para mostrar que estilo e conforto andam juntos. As duas líderes lançam a campanha Brasileiríssimos, que traz os seus best sellers em uma curadoria conjunta no site da Hering a partir do dia 26 de maio.

Com foco no Dia dos Namorados, a campanha apresenta o casal super brasileiro, misturando personalidades, representatividade de gêneros, raças e idades. Ambas refletem aspectos do imaginário do país, se estabelecendo como marcas que são patrimônio nacional – a união promete o melhor do básico e do original do Brasil.

Hering e Havaianas fazem questão de mostrar a cultura alegre, democrática e única do país com elementos emblemáticos e muitas cores. O resultado é um movimento super original, que traz fortemente a personalidade das marcas.

Os produtos escolhidos para protagonizar essa união são os best sellers de cada marca: Hering destaca a linha de moletons coloridos, marca registrada do inverno brasileiro, e Havaianas as tradicionais e coloridas sandálias nos modelos TOP e Tradi. Brasileiríssimos nasce para mostrar o que o Brasil tem de melhor: o básico, o democrático, o estilo, as cores e toda a cultura nacional. Os clientes que comprarem o combo moletom e Havaianas no e-commerce da Hering levam uma bag com a logo das duas marcas.

“Estamos muito felizes com o anúncio dessa parceria. Celebrar o que o país tem de melhor, unindo moda, estilo, conforto e muita brasilidade nos enche de orgulho. Trata-se de uma parceria entre duas marcas icônicas, que construíram o que é básico e original no Brasil – a fortaleza presente nessa união mostra que a colaboração com propósito pode fazer ecoar uma mensagem de representatividade e pertencimento”, afirma Fabiola Guimarães, diretora de marcas da Cia. Hering.

“Havaianas é cor, é estilo, é para todos, assim como a Hering. Essa parceria entre as duas marcas para celebrar a Brasilidade era mais do que esperada. Estamos muito felizes com o movimento Brasileiríssimos”, reforça Mariana Rhormens, diretora de marketing e comunicação de Havaianas Brasil. A campanha Brasileiríssimos faz parte da série de lançamentos que a Hering preparou para comemorar o Dia dos Namorados. A marca apresenta o Mês do Amor, que conta com quatro novas coleções: Brasileiríssimos, e as collabs Looney Tunes, ID_BR (Instituto Identidades do Brasil) e Mickey Pride, que celebra o mês do Orgulho LGBTQIA+.

Leia mais:

Destaque: Tendências do varejo brasileiro

Especial: Revolução digital nos negócios

Artigos: Carlos Furlan, Alfredo Scaff Filho e José Maurício Pires Alves

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *