NOTAS DA SEMANA – 03.09.2021

ENTREVISTA COM RICARDO SILVEIRA

1. Quem é Ricardo Silveira?

Me chamo Ricardo Silva da Silveira, nasci e me criei no Bairro da Azenha, em Porto Alegre. Sou gremista (fundador da Torcida Jovem) e filho de um metalúrgico e de uma dona de casa. Durante a juventude, estudei no Colégio Inácio Montanha, depois no Júlio de Castilhos, o “Julinho”, e fiz administração de empresas na Unisinos. Um canceriano “raiz” que se emociona com facilidade – principalmente com filmes que trazem temas envolvendo família. Aliás, sou um apaixonado por cinema desde criança: passava as tardes de fim de semana dentro do Cinema Center e do Cinema Roma. Outra coisa que sou apaixonado é por música, de todos os estilos. Vou do rock, passando pelo sertanejo, até a música clássica. Para mim a vida poderia ter sempre uma trilha sonora acompanhando nosso dia a dia.

2. Da moda para o mercado publicitário? Como foi?

Ou melhor de modelo das cuecas Hering a sócio da Imobi

Bem, eu comecei a trabalhar aos 17 anos, mas na verdade iniciei na indústria. Comecei como assistente financeiro em uma fábrica de cerâmicas , a Cordeiro, e depois trabalhei como caixa de banco até me tornar subgerente de agência. Nessa oportunidade aprendi muito com uma pessoa chamada Paulo Sérgio Pinto, que foi a primeira pessoa a me dar uma chance na área comercial. Na época eu nem sabia direito o que era isso, mas hoje sei que, na verdade, eu já era um cara de vendas. Dois bancarios que hoje estão em veículos de comunicação.

Nesse banco eu atendia um cliente do ramo de confecção, uma empresa chamada X&C. Um certo verão, os donos me convidaram pra ser representante comercial de uma nova marca de roupa masculina aqui no RS. Foi sensacional! Trabalhei com marcas nacionais, fiz algumas pontas como modelo e tive a oportunidade de viajar o Brasil todo com a Santista. Foi nessa empresa que conheci a segunda pessoa que me ajudou muito na carreira: César Vargas. Ele foi como um tutor, ensinou-me muita coisa sobre vendas na época. Era um visionário, um cara bem à frente do seu tempo.

Depois, quando casei com a Ana Karina, no início dos anos 90, meu sogro Zé Dubin me convidou pra trabalhar na área de operações da Ativa. Como eu já tinha esse viés do comercial, acabava participando muito das reuniões de vendas em agências e clientes e, com o tempo, me convidaram pra ser gerente da área. Comecei cuidando do produto outdoor, que cresceu muito em pouco tempo, e acabei assumindo a direção comercial do RS. Fiquei nessa função por 8 maravilhosos anos, quando me apaixonei de vez pela publicidade.

Eu já tinha um certo fascínio. Lembro da minha época de colégio na decada de 70, quando os coladores chegavam pra trocar a campanha do outdoor que eu via pela janela. Eu já tentava montar o quebra-cabeça de quem seria o próximo anunciante, mas ainda não imaginava que me apaixonaria tanto pela publicidade. Mesmo não tendo formação na área, hoje não tenho a menor dúvida de que essa é a minha vocação.

Isso só se confirmou ainda mais, em 2017, quando meu amigo Daniel Costa me convidou para ser sócio no Grupo Imobi, onde passei a usar toda essa bagagem que contei até aqui. Tem sido uma experiência muito gratificante! Trabalho com uma equipe que mescla profissionais mais experientes e uma galera jovem e inovadora. Essa troca de conhecimentos é muito legal, eles me trazem novas formas de conexões e de enxergar o mundo e eu compartilho as experiências que tive no mercado. É muito vibrante trabalhar na Imobi, quem trabalha ou já trabalhou na Imobi sabe do que eu estou dizendo.

3. O que mais te inspira e te move?

Sempre acreditei que as coisas na vida não são fáceis. De família católica praticante, aprendi desde cedo que é preciso suar muito a camisa pra obter suas conquistas. Por isso comecei a trabalhar cedo, porque sei que sem esforço e trabalho não se adquire nada. É nisso que eu acredito, é isso que me inspira e me move.

4. Roda de amigos e família em primeiro lugar?

Do “alto” dos 60 anos que acabo de completar, mais do que nunca estou convencido de que a família e os amigos são a coisa mais importante que a gente tem na vida. Em relação aos amigos, durante toda a minha carreira eu agreguei mais e mais pessoas ao meu lado, desde o primeiro emprego até hoje. Tenho muitos colegas do passado com quem converso como se ainda ontem estivéssemos juntos. Dou muito valor a isso e também à união da família, sempre dou um jeito de reunir todo mundo, algo que fez muita falta durante esse período de pandemia. Mas, graças a Deus, tenho uma esposa e um filho que estão sempre do meu lado, as pessoas mais importantes e que eu mais amo nessa vida. Pronto, olha o canceriano se emocionando outra vez!

LIVE GAV – AGRO

A live do GAV no último dia 30 deu uma grande noção do que são os departamentos de marketing das grandes empresas na forma de se comunicar com seus clientes, formados por produtores rurais, que mantiveram suas produções avançadas e sustentando o PIB nacional.

O GAV RS segue engajado para continuar com as lives que, na visão desse colunista, agregam muito para o mercado.

PREFEITURA DE PORTO ALEGRE

Segue comprando mídia, usando produções próprias ou de quem fez a campanha política a Prefeitura de Porto Alegre continua anunciando sem ter pago os fornecedores das campanhas 2020 e fica em total silêncio, omitindo-se.

O mercado das Agencias de Publicidade pode e deve se unir no boicote a licitação que foi publicada.

ARP FORTE
Com Fernando Silveira e seus três vices: Daniela, Marcia e Rafael teremos uma entidade forte e dinâmica.

ATITUDE IGUAIS

O Gabinete do prefeito se queixa da falta de diálogo nos critérios de aberturas de casas de espetáculos e estádios de futebol.

É o mesmos critério que é usado contra dezenas de fornecedores que estão minguando com os valores devidos pela mesma prefeitura e que em determinado momento finge que vai resolver e em outros se omite e permanece em silêncio.

Como votar? Votar em quem? Confiar em quem?

Muito difícil.

VOANDO

Saiu, ou melhor foi saído e quis virar internacional. 

Voou num Jatinho de mentira para São Paulo, onde uma grande indústria estenderia o tapete vermelho. 

Nada aconteceu ao magnata do conhecimento e das frases AAA,BBB que nada adiantam para o mercado, porque são teorias descabidas.

Os aplausos para agradar são absolutamente falsos e servem para alimentar mais o seu ego gigantesco.

Tem bolão já no mercado.

LEBES

Com o mote “Mês do Cliente. É você que nos motiva!”, a campanha de setembro da Lojas Lebes faz uma grande homenagem aos mais de um milhão de clientes ativos da rede.

Durante o mês, a marca celebrará àqueles que a inspiram colocando cinco clientes reais para protagonizarem a campanha mensal. Para a ação, foram convidadas cinco pessoas, que se destacam por sua relação com a empresa.

“Quando me chamaram para participar dessa campanha, eu nem acreditei. Eu nunca havia ganhado nada, nem em sorteio, nem em outra loja, e dessa vez me escolheram. Eu fiquei muito feliz, até porque eu sou compradora da Lebes há mais de 20 anos”, comenta a cliente Sônia Maria Monego Harras, de Gravataí, que estrela a capa da revista do mês.

As “celebridades” Lebes estampam ainda divulgações nas redes sociais, no site e no material de ponto de venda, com depoimentos pessoais e indicações de produtos e ofertas imperdíveis.  

“O cliente é sempre nosso foco central, é nossa principal fonte de motivação e inspiração. E, por isso, nada mais justo do que serem as grandes estrelas desta campanha. Além disso, homenageando esses cinco protagonistas, homenageamos a todos os clientes que fazem parte da família Lebes”, comenta Otelmo Drebes Jr, diretor de Marketing, Vendas e Gente & Gestão da rede de varejo. 

A campanha “Mês do Cliente. É você que nos motiva!” foi criada pelo departamento de Marketing da Lebes e vai até o dia 30 de setembro.

GRUPO RBS

Desde 1957, o Grupo RBS escreve sua história ao lado dos gaúchos, acompanhando, de transformação em transformação, o futuro se tornar presente e investindo para levar o melhor do jornalismo, do esporte e do entretenimento para o público. É para agradecer por essa parceria histórica e celebrar as próximas décadas, que, nesta terça-feira (31), aniversário da RBS, a empresa lança ações de comunicação que marcam seus 64 anos. 

Com a mensagem “o futuro vem da nossa história”, a iniciativa reforça a crença da RBS na evolução, estando ao lado dos gaúchos em todas as transformações e investindo para, cada vez mais, para ampliar o diálogo com o público e com todos os setores que contribuem para o desenvolvimento do Estado.   

A ação de comunicação, que conta com anúncio nos jornais da RBS, conteúdos nas redes sociais e peças para público interno e B2B, está alinhada ao movimento de aceleração e conexão da empresa com as principais tendências para o futuro do setor, que envolve investimento de R$ 70 milhões na modernização dos parques tecnológicos de rádio e televisão, no desenvolvimento de produtos e em digital – parte dos recursos será aplicada ainda este ano. Além disso, a partir desta quarta-feira (1º), uma nova estrutura organizacional entra em vigor na RBS, com três novas frentes: Estratégia e Transformação; Jornalismo e Esportes; e Entretenimento e Canais.   

SEMANA FARROUPILHA RBS

Da Capital aos pampas, da fronteira à Serra, do Litoral ao Interior. Mais do que pertencer ao solo gaúcho, o que une aqueles que vivem no Rio Grande do Sul é o que corre nas veias: o sangue de luta, de bravura, de honra aos ideais e às raízes e que celebra o que é daqui. Em meio à toda diversidade dos gaúchos, o que há em comum é esse sangue. É com esse mote que, nesta sexta-feira (3), o Grupo RBS lança uma campanha para marcar o mês farroupilha e celebrar, junto dos gaúchos, a nossa cultura.   

Com a mensagem ”Tem uma coisa que une todos nós: o sangue gaúcho”, a campanha busca destacar que, não importa a cor, a idade, gênero ou orientação sexual, o mesmo sangue gaúcho corre nas veias de quem é daqui, seja o mais tradicionalista ou até o mais moderno. Durante o mês, em uma ação 360º, serão veiculados materiais nos jornais, na RBS TV, nas rádios e nas redes sociais do Grupo RBS. No dia 20 de setembro, data em que recorda o início da Revolução Farroupilha de 1835, a ação de comunicação ainda prevê conteúdos publicitários com o mote “Dentro de revolução, tem evolução”.  

Ciente de que a pandemia transformou a forma como os gaúchos celebram a Semana Farroupilha, o time de Consumer Insights & Analytics, que desenvolve estudos e pesquisas de mercado, buscou entender quais são os planos dos gaúchos para esta data. O estudo ouviu cerca de 500 pessoas em maio. Desses, 56% afirmaram ter pretensão de comemorar o período de alguma forma em 2021. Para levar a celebração à casa dessas pessoas, valorizar a diversidade da cultura local e comemorar o que une os gaúchos, a RBS promove uma disputa descontraída no “Realitchê”, uma websérie que será veiculada em GZH a partir do dia 10 de setembro. 

Em seis episódios, as equipes Fogo de Chão e Mate Amargo, com participantes de diversos perfis, se confrontam em uma divertida competição para ver quem conhece mais a cultura do Rio Grande do Sul, indo desde o desafio de fazer um bom churrasco até um quiz sobre as músicas tradicionalistas.   

Participam do Realitchê os comunicadores da RBS Mari Araújo, Rafinha e Gio Lisboa, os tradicionalistas Diogo Elzinga, César Oliveira, Gaúcho da Fronteira, Rogério Melo, Pedro Pastore e Gaúcho da Fronteira e Nicole Carrion e Bruno Mello, selecionados a partir de uma seleção promovida pela RBS. A disputa é conduzida por Shana Muller, comunicadora do Grupo RBS e uma das grandes representantes da cultura gaúcha.     

Segundo o estudo de Consumer Insights & Analytics, das pessoas que costumam celebrar a Semana Farroupilha, 97% acompanham os acontecimentos da data – com destaque para a TV, meio preferido por 69% dos respondentes. Conteúdos sobre tradicionalismo, história do RS e músicas e shows temáticos são os mais pedidos por aqueles que acompanham a data. Esses temas, assim como a cobertura factual do evento, terão espaços diários na RBS TV, em GZH, em Zero Hora, na Gaúcha e no Diário Gaúcho.  

Em sintonia com o tema dos festejos farroupilhas em 2021, que homenageia e comemora o bicentenário de nascimento de Anita Garibaldi, uma das personalidades mais importantes da cultura gaúcha, conteúdos editoriais dos veículos da RBS vão explorar as “Anitas do século XXI”, mulheres da sociedade atual que também dão exemplo de bravura e honra às tradições gaúchas.   

No estudo, 73% dos respondentes que comemoram a Semana Farroupilha afirmam que valorizam marcas que anunciam na data e 85% acham importante que as marcas gaúchas incentivem iniciativas para o período. Neste ano, as ações da RBS contam com o patrocínio de Big, Nacional e Equatorial e o apoio de Tumelero e de Isabela.  

AGÊNCIA MOOVE

Bárbara Pufal assume, a partir desta quarta-feira (1º), como diretora do Núcleo Institucional da Moove. Na nova função, a publicitária passa a coordenar as contas públicas e institucionais da agência – área que faz parte do DNA da Moove.

O Núcleo Institucional gestiona as contas da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, da Cotrijal, do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do RS, das Prefeituras de Cachoeirinha, Farroupilha e Imbé, além do movimento He for She, lançado pela ONU Mulheres em 2014 para promover a igualdade de gênero, do qual a Moove é a única agência participante.

Além de Bárbara Pufal, que tem duas passagens pela Moove, somando quatro anos e três meses na agência, o Núcleo Institucional é formado pelas executivas de Relacionamento e Negócios Juliana Cardoso, Caroline Fuscaldo e Andressa Castro.

Quem é Bárbara Pufal

Formada em Publicidade e Propaganda e pós-graduada em Agronegócio. Tem experiência em Branding e Gestão de Comunicação. Atua há 20 anos nas áreas de Publicidade e Propaganda, Design e Comunicação. Em experiências anteriores no mercado, atendeu a clientes como Senac-RS, UCS, Unimed-NERS, Prefeituras de Santa Maria, Bento Gonçalves, Passo Fundo e Gravataí, Grupo Almeida Junior, BASF – Divisão de Proteção de Cultivos, Mercur, Grupo Herval, Umbro, Tryon, Saccaro, Brasal, Bem-Vindo Crédito e Serviços Financeiros, Calmac Sul Hyundai, Planalto Transportes e Turismo.

FEIRA DE OPORTUNIDADES – SENAC RS

Marketing pessoal? Ter uma boa marca individual pode ser uma grande aliada na sua profissão!

Então participe da Feira de oportunidades do Senac RS e saiba mais na palestra: “On ou off: como está seu marketing pessoal?”, dia 15/9 (quarta), às 15h.

O bate papo será com Anna Quadros, Coordenadora de Marketing do Senac RS e com a Michelle Silva, especialista em Inovação e Agilidade nos Processos de Comunicação, empreendedorismo, employer branding e marketing pessoal corporativo.

Inscreva-se agora mesmo: www.senacrs.com.br/fo

SBT RS

Depois de uma edição totalmente digital em 2020, a Expointer deste ano (de 4 a 12 de setembro) recebe agora um número limitado de visitantes. Os repórteres do SBT também estarão presentes na feira, mostrando curiosidades, negócios e também apresentando os números desta que é a maior feira de agronegócios da América Latina.

A comentarista do agro Alessandra Bergmann estará atenta a todos os detalhes e terá uma participação especial nos jornais locais e também na programação da emissora.

“O jornalismo do SBT vai divulgar todos os detalhes e fazer a prestação de serviço desta que está sendo apelidada como a feira da retomada”, conclui Danilo Teixeira – editor regional do SBT no RS.

A cobertura da Expointer no SBT é um oferecimento da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul e do SENAR – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural.

SBT RIO GRANDE

No quadro do “Partiu Cultura” do SBT Rio Grande desta sexta-feira, 03 de setembro, a apresentadora Brunna Colossi conversa com o cantor e compositor gaúcho Tiago Ferraz, da Rock de Galpão, que está lançando um projeto solo. Durante a entrevista, o músico contou tudo sobre o mais novo álbum que foi lançado de uma forma diferente: o projeto teve financiamento coletivo. O trabalho “A Linda Canção do Sábio Sabiá”, já está disponível e conta com 13 faixas. Uma delas, inclusive, é uma releitura de um clássico do Pixinguinha e João de Barro: “Carinhoso”. No quadro teve até uma palinha improvisada da canção.

O SBT Rio Grande é exibido de segunda a sexta-feira, às 11h30, com a apresentação de André Haar.

CRITÉRIO

O maior prêmio do marketing político brasileiro revelou seus vencedores durante o Expo Digitalks 2021, em São Paulo (SP), nesta segunda-feira (30), e teve profissionais e cases gaúchos entre as primeiras posições. A Critério – Resultado em Opinião Pública subiu três vezes no pódio da distinção promovida pelo Clube Associativo de Marketing Político (CAMP), que reúne os principais estrategistas e agências do Brasil no setor. 

A empresa gaúcha conquistou a prata na categoria Melhor Campanha Eleitoral de Entidades de Classe ou Instituições. O case “Ministério Público – Pra avançar tem que ter força e união” detalhou o trabalho de posicionamento e gestão de imagem da candidatura de Marcelo Dornelles, escolhido Procurador-Geral de Justiça do RS em 2021. 

A segunda prata foi para o projeto “A Vez da Mulher Gaúcha”, desenvolvido para o cliente MDB Mulher RS, como Melhor Ação Digital para Governo, Partido ou Mandato. Em plena pandemia, a iniciativa propôs uma formação política 100% digital com 12 módulos. O resultado foi número recorde de eleitas, sendo 82% delas em primeiro mandato. 

Na categoria Melhor Gerenciamento de Mandato, o terceiro lugar ficou para “Porta Voz da Saúde”, premiando as ações estratégicas de comunicação para o deputado federal Pedro Westphalen (PP). A Critério mostrou como ajudou a equipe do parlamentar a posicioná-lo como uma fonte importante sobre saúde pública no país. 

Para o sócio-fundador da Critério, Cleber Benvegnú, o resultado reflete a expertise da empresa nesse setor e o foco nos objetivos dos seus clientes. “Em primeiríssimo lugar, temos respeito pela política. Mais que isso, a gente gosta de política. Nossa equipe é multidisciplinar e plural, mas compartilha essa identidade. E é assim que a Critério busca valorizar a essência do cliente político, com a mesma técnica que usamos para o corporativo”, celebra Benvegnú. Ele mencionou o acerto estratégico da empresa ao criar uma área específica de Comunicação Política, liderada pelo executivo Giuliano Thaddeu. 

Concorrência 

Em disputa acirrada, o reconhecimento premiou também projetos das principais capitais brasileiras. Os cases de gestão de mandato e da campanha de reeleição do prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, venceram em suas categorias. Eduardo Paes, prefeito do Rio de Janeiro, também teve seu trabalho de marketing reconhecido. “Disputamos com grandes players do marketing e com políticos de renome em todo o Brasil. Estar entre os selecionados nos dá ainda mais estímulo para seguir trabalhando com essência e qualidade”, enfatizou Giuliano. 

Conheça todos os vencedores: https://bit.ly/3yD7nSw

CDL POA TALKS

Nesta terça-feira (31/08), a CDL POA e a Rede de Entidades Parceiras promoveram uma Live para mostrar os efeitos práticos da aplicação do Cadastro Positivo. Com a participação do gestor comercial da CDL POA, Paulo Borba, e do diretor comercial da Boa Vista SCPC, Alexandre Kanbach, a apresentação demonstrou o diferencial da utilização do Cadastro Positivo, que, em dois anos e cinco meses, já incluiu cerca de 22 milhões de pessoas no mercado de crédito.

Ao referendar a CDL POA como acionista da Boa Vista, juntamente com a CDL Rio de Janeiro e a ACI Paraná, o diretor da comercial, Alexandre Kanbach, reforçou a relevância da relação entre a Boa Vista e as entidades, quando o objetivo é a rentabilidade dos seus associados. Kanbach também mostrou cases em que o uso das consultas híbridas, que levam em conta o Cadastro Positivo e as informações negativas, aumentaram o número de aprovações em mais de 40% e reduziram a inadimplência em percentuais acima dos 30%.

Em uma reflexão sobre o cenário de crise, em decorrência da pandemia provocada pelo coronavírus, o diretor da Boa Vista SCPC pontuou que a época é propícia à migração para o Cadastro Positivo. “Neste momento, as empresas querem mais pessoas para venderem e menor risco de inadimplência”, concluiu.

Para Borba, o Cadastro Positivo possibilitou a utilização de muito mais dados e informações para a tomada de decisões. Por meio de uma inteligência analítica, as soluções passaram a ter uma alta performance, trazendo maior rentabilidade às operações. Segundo ele, a utilização das informações negativas gerava uma assimetria entre o tomador e o concedente de crédito. “Quem dá o crédito e se baseia apenas em dados negativos, possui poucos recursos para decidir”, ressaltou. Com o Cadastro Positivo, se aprova mais crédito, e o retorno no faturamento aumenta, além de reduzir a inadimplência. Para o consumidor, estar no Cadastro Positivo também é vantajoso, pois ele aumenta os benefícios, flexibiliza as ofertas e pode reduzir as taxas de juros, como a diminuição dos spreads bancários (medido pelo risco dos bancos). “O Cadastro Positivo é uma realidade para todo o mercado, seus resultados são reais, não ficaram na teoria”, destacou Borba.

REDE PAMPA

A partir deste sábado (04/09), a Rede Pampa realiza uma mega cobertura da 44ª edição da Expointer, transmitindo, ao vivo, mais de 40 horas de conteúdos inéditos sobre a tradicional feira agropecuária, de destaque nacional e internacional, na cidade de Esteio, no Rio Grande do Sul.

Durante os 9 dias da feira, que é considerada a maior em exposição de animais da América Latina, a Rede Pampa direcionará seus consagrados veículos à mais grandiosa cobertura multimídia do evento, diretamente dos estúdios panorâmicos da Rede Pampa, localizados no Parque de Exposições Assis Brasil.

O presidente da Rede Pampa, Alexandre Gadret, ressalta a intensa preparação do grupo gaúcho para surpreender o público na cobertura jornalística do evento: “A Rede Pampa vai, mais uma vez, fazer uma das maiores coberturas jornalísticas da Expointer através de uma robusta equipe que levará diariamente matérias, entrevistas e muitas informações à população gaúcha que se interessa pelo agronegócio. Presencialmente, a casa da Rede Pampa receberá as grandes personalidades do setor, consolidando cada vez mais seu papel na evolução deste segmento tão significativo para o nosso Estado e para o Brasil”, acrescenta.

A cobertura jornalística da Rede Pampa na Expointer carrega a tradição das reconhecidas atuações anteriores e de integral apoio ao agronegócio gaúcho e brasileiro. Paulo Sérgio Pinto, vice-presidente da Rede Pampa, exalta a importância da retomada do evento: “Consideramos que Expointer é a energia concentrada em 9 dias de uma das maiores exposições-feiras do planeta, onde toda uma cadeia produtiva gera enlace positivo até as exportações. O que emana do agro, respaldado em números expressivos, sustenta a pirâmide econômica do País, expressadas nas atividades rurais, na indústria e no comércio. Assim sendo, reunimos nossa força jornalística de rádio, televisão e jornal para levar aos nossos ouvintes, telespectadores e leitores os acontecimentos da Expointer, em sua 44º edição.”

A Casa da Pampa, situada em local privilegiado da feira, tem sido, há anos, o point jornalístico na Expointer, possuindo estúdios panorâmicos de televisão e de rádio, redação integrada multimídia, auditório para eventos, deck externo para gravações e reuniões especiais, além de restaurante próprio com equipe qualificada, pronta a oferecer o melhor serviço de gastronomia gaúcha. “Em nossa Casa na Expointer, teremos jornalismo pleno em nossos estúdios e redação. Para lá, migrará parte de nossas equipes e alguns de nossos veículos de comunicação como a Rádio Liberdade, a Rádio Pampa, a TV Pampa, o Jornal o Sul, além de toda a equipe das mídias sociais, que fará atualização das novidades da feira em tempo real nas plataformas digitais”, acrescenta Paulo Sérgio.

Observando as restrições impostas pela pandemia e pelos protocolos da Secretaria da Saúde e da Agricultura, a Rede Pampa seguirá seu trabalho permanente de apoio ao agronegócio na cobertura da Expointer 2021. “A nossa capacidade de dar atenção permanente aos acontecimentos do Parque Assis Brasil e às pessoas que fazem o agro forte oferece às lideranças do setor a certeza de encontrarem na Rede Pampa o caminho adequado de sua comunicação com a sociedade”, ressalta Paulo Sérgio Pinto.

As transmissões ao vivo da 44ª edição da Expointer terão início neste sábado (04/09) e somarão mais de 40 horas de programação até o final do evento, no domingo (12/09).

RÁDIO BANDEIRANTES

A Rádio Bandeirantes ganha um novo mote que coloca o ouvinte e a verdade onde sempre estiveram: no centro de tudo. O slogan “Fechada com você. Fechada com a verdade” e a nova logomarca traduzem a essência da emissora presente na vida dos brasileiros há 84 anos: credibilidade e confiança. “Esse novo posicionamento consolida o processo de mudança na grade que foi iniciado no ano passado, reforçando a veia analítica e do debate sobre os grandes assuntos do país e do mundo”, explica Thays Freitas, Gerente Executiva de Jornalismo da emissora.

No Rio Grande Sul, a rádio segue o novo posicionamento da rede, com a premissa de levar aos gaúchos os principais fatos com a credibilidade já característica do Grupo. “É uma identidade que reforça o posicionamento marca da rádio de estar sempre fechado com o ouvinte, razão de ser de nosso trabalho, e com a apuração total dos fatos!”, declara Oziris Marins, Gerente de Jornalismo das rádios no RS.  “A Rádio Bandeirantes consolida sua posição de emissora que está ao lado de seus ouvintes, discutindo e analisando com profundidade temas relevantes, cobrando o poder público e contribuindo com quem empreende”, finaliza Leonardo Meneghetti, Diretor-Geral da Band RS.

As novidades podem ser conferidas na programação, no site e nas redes sociais da Rádio Bandeirantes a desde quarta-feira, 1º de setembro.

WEACH

Reforçando as perspectivas positivas do mercado digital, a Weach Group, que atua com solução full service de marketing de performance e trading desk de mídia programática, anuncia sua chegada à Salvador, com a filial Weach Nordeste, e segue investindo na ampliação de seu time com a contratação de cinco profissionais para o comercial – entre eles, Rafael Ferreira estará à frente da área de novos negócios no Rio Grande do Sul e região. Com longa carreira no setor, Rafael tem 17 anos de mercado publicitário gaúcho com passagem pelas principais agências como JWT, Paim Comunicação e MTRZ, e atuação de 4 anos como Executivo de Contas/Inteligência de Mercado na Rádio Mix FM Porto Alegre.

De acordo com Rafael, o momento não poderia ser mais apropriado para começar a trabalhar na Weach. Com o modelo de consumo tendo migrado fortemente para o online por conta das restrições sanitárias e o orçamento reduzido nas empresas decorrente da crise econômica, as soluções da companhia são ideais para suprir as necessidades dos clientes com direcionamento muito mais assertivo. “A demanda do meio digital foi acelerada nestes últimos tempos e, com atuação para atender todas as camadas do funil de vendas, vamos aplicar soluções automatizadas para potencializar resultados dos investimentos, tanto para KPIs de mídia quanto KPIs de marca”, afirma ele.

A Weach segue acreditando na importância do olhar humano para o sucesso da companhia, apesar da crise econômica enfrentada pelo país decorrente da pandemia – tanto é que não houve demissões nem reduções de salários no período. Pelo contrário, a equipe segue crescendo. Para Daniel Kaminitz, CEO da Weach, “o cenário é claro, atendemos o Brasil como um todo. Mas a Weach quer ir além, queremos profissionais capazes de compreender a personalidade de cada um dos ‘Brasis’ inclusos nessa vasta diversidade do nosso país. A expansão para o Nordeste e as contratações em São Paulo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul são apenas o começo de um movimento interno para atender um mercado plural de anunciantes e consumidores”.

Isabella Tatagiba é formada em Publicidade pela FACHA, do Rio de Janeiro, e possui 16 anos de experiência, sendo 13 deles na área digital – passou por grandes agências cariocas, como Agência 3, Ogilvy, Brick, Wide, Sensorial WebHouse, e pela Isobar, de São Paulo. Além destas, atuou também com mídia programática pela AdsPlay. Na Weach, chega com a missão de cuidar do atendimento no estado fluminense e identificar oportunidades em regiões próximas.

Já no escritório sede, em São Paulo, três executivos comerciais chegam para completar a equipe. Aline Medeiros é formada em Administração pela FEI, tem curso de extensão em marketing, feito na Califórnia, pós em marketing pela Universidade São Caetano, e trabalhou para Itaú, Unilever e Ambev. Leonardo Ferreira, outro contratado, se formou em Comunicação e Marketing pela ESPM e atuou na área comercial e no marketing de uma multinacional de soluções para o desenvolvimento de embalagens. E, por fim, Felipe Albert está cursando Comunicação Social na Anhembi, sempre trabalhou na área de vendas de produtos financeiros e vê sua chegada à Weach como uma grande oportunidade de unir a área comercial com a publicidade, duas grandes paixões. A companhia anuncia também sua chegada à Salvador com a Weach Nordeste. A partir de agora, a maior geradora de leads para marcas no Brasil leva o seu know-how de sete anos de mercado publicitário e a experiência adquirida com cinco mil anunciantes e mais de dez mil campanhas executadas para a Bahia com o objetivo de atender toda a região com profissionais in loco. Suas soluções de promoção, geração e auditoria de leads, pesquisa de marca, rede de performance para publishers e mídia programática com contrato para entrega com Amazon, Google e Verizon, serão oferecidos pelos comerciais e um especialista de digital que estará à frente dos novos negócios.

PORTO ALEGRE

Estudo elaborado com base no Índice de Desenvolvimento Sustentável das Cidades – Brasil (IDSC-BR) coloca Porto Alegre na 10ª posição entre as 26 capitais estaduais, o que mostra que a capital do Rio Grande do Sul ainda tem grandes desafios a superar para atingir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) estabelecidos pela Organização das Nações Unidas (ONU) até 2030, estando distante das metas estabelecidas em cinco dos 17 ODS.

No ranking geral do Índice de Desenvolvimento Sustentável das Cidades – Brasil (IDSC-BR), que computou e analisou os dados de 770 municípios de todo o país, Porto Alegre encontra-se na 252ª posição, com pontuação média de 57,80 considerando todos os objetivos a serem atingidos. Quanto mais próximo de 100, mais perto de alcançar as metas preconizadas pela ONU.

A cidade registra cinco ODS assinalados na cor vermelha, nível mais baixo do índice, sendo que os objetivos situados no patamar inferior da tabela estão os de número 3 – Saúde e bem-estar (46,7 pontos), 4 – Educação de qualidade (46,5 pontos), 5 – Igualdade de Gênero (37,6 pontos), 10 – Redução das Desigualdades (42,8 pontos) e 16 – Paz, Justiça e Instituições eficazes (24,2 pontos) sendo que alguns desses pontos são desafios compartilhados por prefeitos e gestores públicos de todo o país.

Por outro lado, o índice mostra que Porto Alegre está muito próxima de alcançar plenamente o ODS 7 – Energia Limpa e Acessível (99,2 pontos), ODS 9 – Indústria, Inovação e Infraestrutura ( 69,7 pontos) e o ODS 12 – Consumo e Produção Responsáveis (71,7 pontos).

LEIA MAIS

Destaque: Projeto da gaúcha Tornak com a globo anuncia patrocinadores

Especial: Como as marcas podem transformar lojas em estúdio de conteúdo?

Artigos: Paola Müller e José Maurício Pires Alves

Charges: Confira a charge do criativo Cado Bottega

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *