Natasha de Caiado Castro

WEB SUMMIT 2020 ABORDOU O FUTURO E TENDÊNCIAS DA SOCIEDADE

Por Natasha de Caiado Castro, CEO da Wish International

O maior evento europeu que engloba tecnologia, inovação e atualidade, o Web Summit, com sede desde 2016 em Lisboa, capital portuguesa, chegou na 11º edição atipicamente de forma online – por conta da pandemia. Tal formato não interferiu em discussões importantes que reúnem o futuro e avanço da tecnologia na atualidade.

Com recorde de público este ano, a conferência reuniu 100 mil personalidades de mais de 150 países, dentre eles os maiores representantes de bigtechs como a Amazon, Facebook e Google e startups, inclusive do Brasil, como a Nubank e Quinto Andar – além de outros grandes ícones corporativos mundiais.

No evento, trago a notoriedade da maior atuação feminina na tecnologia desde os últimos anos. Em 2020, a convenção conquistou 47% do público feminino, o maior percentual de mulheres no universo digital. Nessa perspectiva, destaco a participação da ativista e Prêmio Nobel da Paz, Malala Yousafzai neste evento. Em seu discurso, a paquistanesa incentivou meninas e jovens mulheres a acreditarem em seu potencial para que no futuro se tornem o que desejarem, inclusive CEOs.

Em plataforma de videochamada, foi explorado no início de dezembro, o desenvolvimento da inteligência artificial além de outras tecnologias e o impacto na sociedade. Principalmente neste ano de pandemia, em que a tecnologia se tornou fundamental: tanto nos avanços para combater o novo vírus, como também no ambiente corporativo. Este engloba não só as demandas de trabalho como também o propósito das companhias frente à sociedade atual.

Covid 19 e tecnologia

Outro destaque global que marcou presença no evento foi o Diretor geral da Organização Mundial da Saúde (OMS),Tedros Adhanom. Ele relatou brevemente a importância da tecnologia no combate ao vírus e no acesso aos diagnósticos, vacinas e terapias no menor tempo da história.

Ainda em relação aos avanços para conter o vírus, o CEO da FedEx, Paddy Cosgrave, abordou sobre a capacidade da transportadora realizar entregas em todo o mundo no menor tempo possível. Cosgrave comentou a possibilidade da companhia chegar no ponto mais longínquo do globo em apenas 48 horas. O feito evidencia que a inovação e tecnologia refletem na chegada da vacina em todo o mundo com maior rapidez, podendo salvar milhares de vidas.

Reunião que poderia ser um e-mail

Logo no início da pandemia, escritórios do mundo todo precisaram migrar simultaneamente para home-office, utilizando mais e-mails e videochamadas. E, obviamente, os sistemas não estavam preparados para suportar tanta demanda. Eric Yuan é CEO da plataforma Zoom e afirmou no evento que a companhia precisou se remodelar rapidamente por conta da alta procura.

Tanto que o próprio evento digital, Web Summit 2020, foi realizado por meio de plataforma de videoconferência.Nesse sentido, analiso que a pandemia mudou o formato dos negócios para sempre. O isolamento social mostrou de forma clara que, na maioria das vezes, não é necessário se deslocar fisicamente para reuniões de negócios, já que é possível realizar tal discussões por meio de e-mails, videoconferência e outros softwares de comunicação.

Avalio que, apenas no momento de experiências corporativas em grupo é necessário estar fisicamente presente. Desta forma, todos os problemas e alinhamentos que envolvam duas ou três pessoas podem ser feitos digitalmente, o que traz benefícios financeiros como a economia de investimentos em transporte e hospedagem, além de poupar tempo dos envolvidos.

Ainda expondo sobre hospedagens, a pandemia virou o segmento do turismo de cabeça para baixo. Durante o evento, a CEO do Booking.com, Gillian Tans, revelou que apesar do setor de turismo estará mais enfraquecido por conta da crise sanitária e econômica, há uma tendência de procura por destinos para se instalar e trabalhar em home-office. O que é uma novidade no turismo de negócios. Para ilustrar, trago o exemplo de Portugal, no qual há grande desejo de europeus se instalarem no país para trabalharem em casas portuguesas. O motivo é simples: por conta dos ambientes mais espaçosos, além do preço acessível. Dessa forma, a novidade revela Portugal como um grande centro de startups, já que o país revoluciona o modo de trabalhar e o turismo.

Por um bem maior

Além disso, esse ano de pandemia trouxe à tona tendências que antes não eram levantadas como prioridade nas companhias. Hoje, é primordial que enterprises busquem um propósito que atue no combate aos problemas sociais atualmente, um exemplo é o presente coronavírus.

O tema abordado na conferência digital reforça a importância do marketing de causas e o engajamento que empresas e famosos com influência global devem ter para atuarem em benefício da sociedade civil.

Prova disso é que durante o encontro digital, o ator Chris Evans, popular por interpretar o Capitão América nas telonas, abordou o seu site ‘Ponto de Partida’, no qual reúne projetos de políticos americanos – de ambos partidos- republicanos e democratas. O que permite que os cidadãos estadunidenses tenham maior conhecimento e saibam os anseios da política americana atual, de forma online e direta. Tal ação traz o maior poder para que a população molde o futuro do país.
Com todas as discussões abordadas acima, e tantas outras, durante os dois dias do evento, o Web Summit tem o potencial de transformar o futuro: já que abrange além de startups e bigtechs, toda a população. Sobretudo este ano, mais excepcional do que qualquer outro, durante a conferência foram compartilhadas grandes percepções de como utilizar a tecnologia e inovação para beneficiar a sociedade. Tais discussões são essenciais, pois aceleram os avanços tecnológicos, o que sem dúvida otimizam nossas vidas em diversos segmentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *