Marília Rizzon – 24-01-20

MINDFULNESS, TREINAMENTO JEDI!

Marília Rizzon, a Lila, é escritora, jornalista com pós em Astrologia, inventadeira e autora do romance Num Sofá de Bolinhas – Amor & Terapia.

Iniciei 2020 com a proposta de fazer diferente. E reclamar menos. O que me levou ao Desafio Mindfulness no Pacífico Instituto em Porto Alegre.

De cara já entendi que Mindfulness é tipo treinamento Jedi.

Ou seja, precisa praticar. Treinar. E olhar pra dentro da gente. Não nessa ordem, especificamente.

Pra isso, recebo orientações teóricas científicas e diferentes práticas de meditação. Uma combinação que vai me tornando capaz de observar e conhecer melhor meus conteúdos interiores – as emoções, sentimentos, e pensamentos que despontam dentro de mim no momento em que para pra observá-los.

Ou seja, quando a mente está no mesmíssimo lugar, aqui e agora, onde está o corpo.

A prática da meditação Mindfulness está me fazendo desenvolver essa capacidade aí de estar presente. De colocar toda a minha atenção e foco no presente, nos insights que esse momento desperta em mim e no que pode me oferecer.

Como faço isso?

Olhando pro que ocupa minha atenção sem crítica ou pré-conceitos que me levam pro passado. Sem expectativas que me jogam pro futuro. Apenas com bondade e curiosidade.

Mas o que é olhar com bondade e curiosidade?

Olhar com bondade é analisar sem julgamentos, críticas ou reatividade, mas com gentileza, respeito e aceitação. Comigo mesma, com os outros, e com o meio. E o olhar com curiosidade é aquele sem expectativa alguma, aberto e interessado no que o momento presente tem a me oferecer, nas informações internas que podem despertar insights e me ajudar, ensinar.

E não é que essa maneira de analisar tá faz a diferença, mesmo?

Aham!

Depois de duas semanas de prática, posso afirmar isso. Já percebo mudanças sutis em mim – vem diminuindo a reclamação e vão me deixando resquícios de qualquer vitimismo que ainda me habitasse.

Mas o mais legal mesmo é ver que, com essa prática, estou cumprindo um dos meus acordos que fiz com 2020: o de fazer o que me cabe, a minha parte, pra construir  um mundo mais gentil e fraterno. O mundo que tanto almejo ver e viver. E que vou ajudar a construir, coCriar, com a prática de estar presente com esse olhar de bondade e curiosidade do Mindfulness.

Sim! Muito se fala que a paz no mundo nasce em nós. Na verdade, ela nasce dos sentimentos, emoções, entendimentos, pensamentos, enfim, dos conteúdos que cultivamos dentro de nós e que definem nossas escolhas e atitudes.

Logo, a paz é resultado da persistência e da vontade em cultivar a bondade, a curiosidade, o respeito e esse time de sentimentos dentro da gente, pra começar. Pra assim desbancar o troll que nos habita e que se alimenta de raiva, ódio, medo, insegurança. E retroalimenta tudo isso dentro de nós. E no mundo.

É exatamente como mestre Yoda ensinou pro Luke Skywalker em seu treinamento Jedi – fãs da Força e de Star Wars me entenderão. 🙂  Aliás, foi por se deixar ser dominado por seus medos, raiva e inseguranças que Anakin Skywalker se tornou Darth Vader.

Todos temos um troll interior.

Está no nosso modelo de fábrica. Viemos assim. E esse troll interior alimenta o Dark Side sempre que devolvemos na mesma moeda o ódio e a raiva que o mundo externo nos atinge e desperta em nós. O que vai retroalimentando a polarização ‘nós contra ele’  que vem envenenando e devastando o mundo hoje!

Sim, o Dark Side é forte. Sedutor. Esperto.

Mas a Força Jedi é mais, ensinou mestre Yoda!

E aí entra o Mindfulness, com suas práticas que nos fazem cultivar valores essenciais à paz interior, e que nos ajudam a reconhecer e tirar o troll do comando.

E sabe o que mais me chamou a atenção até aqui?

Perceber que a paz não tem nada de passividade!

Já reparou nisso?

Que paz requer ação. Vontade. Prática.

A prática de cultivar conteúdos interiores que fazem crescer a bondade, a curiosidade, o respeito, o amor, a Força Jedi dentro de cada um de nós. E pra isso, descobri que o Mindfulness é uma potente ferramenta. Uma que funciona pra mim.

 

Marília Rizzon, a Lila, é escritora, jornalista com pós em Astrologia, inventadeira e autora do romance Num Sofá de Bolinhas – Amor & Terapia.
Ama falar, escrever e contar histórias sobre ser, viver e a dinâmica do mundo, muito além das coisas do cotidiano!
www.lilarizzon.com.br

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *