José Maurício Pires Alves – 20.08.2021

PALAVRAS E + PALAVRAS

Por José Maurício Pires Alves, Diretor Cultural da APP e CEO da Atalho Soluções em Comunicação

Semana passada lancei aqui um desafio a vocês para que me enviassem as palavras que consideram mais estranhas, engraçadas, feias ou bonitas.

Recebi algumas sugestões mas tive que buscar as que mais me tocam agora.

Então, vamos ver.

Minha amiga Marta sugeriu os nomes destacáveis de algumas cidades brasileiras: Xique-Xique e Chorrochó na Bahia, Passe e Fica no Rio Grande do Norte.

Quando cheguei a São Paulo eu estranhava muito o município de Caraguatatuba, no litoral paulista.

Mas trouxe do Sul alguns nomes que impressionam: Anta Gorda, Putinga e Não-me-toque.

O amigo Paulo sugeriu as mais engraçadas: piripaque / beleléu /  ziquizira / balacubaco / bulhufas e perereca.

O que vocês acham e com quais se identificam?

E as mais feias? Para mim são perebento, espiroqueta e cônjuge.

A mais triste acho que é o adeus.

Já o Celso, afirma que a palavra oito está presente em tidas as línguas.

Para confirmar, consultei meu amigo Google e ele disse-me que a palavra mais presente e entendida por todos é OK.

O Celso afirma também que a palavra que significa tudo é gratidão.

Como já fomos muito longe, pretendo encerrar com a seleção das mais bonitas que, a meu ver, são esperança, adorável, liberdade, perdão e a mais linda de todas: AMOR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *