José Maurício Pires Alves – 13.08.2021

PALAVRÓRIO

Por José Maurício Pires Alves, Diretor Cultural da APP e CEO da Atalho Soluções em Comunicação

No mês passado a Academia Brasileira de Letras lançou o novo vocabulário ortográfico da Língua Portuguesa que chegou com mais de 1.000 novas palavras.

Então, cabe a primeira pergunta: quantas palavras tem a língua portuguesa?

Já respondo: 382 mil verbetes, como diria o velho Aurélio.

Mas pensei comigo: quantas será que eu conheço?

Já ontem, em plena reunião do CONAR surgiu um processo em que uma empresa recorria da decisão anterior de uma câmara que votou pelo sobrestamento da ação.

Sobrestamento para cá, sobrestamento para lá, e eu na minha santa ignorância: que é isto?

Rapidamente consultei meu amigo Google que prontamente me respondeu: é a suspensão do desenvolvimento de uma ação judicial ou de um processo.

Saindo do CONAR e do julgamento eu me proponho agora: qual o sinônimo de sobrestamento? Poderia ser “vamos acabar com esta frescura”?.

E como a coluna já virou brincadeira eu lhes pergunto: qual a mais estranha das palavras? E a mais engraçada?

Qual a mais feia e qual a mais bonita?

As respostas ficam com vocês que podem enviá-las para o meu e-mail.

Vou aguardá-las e reproduzi-las na próxima semana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *